domingo, 18 de setembro de 2016

Divirta-se com um tratado sobre todos os tipos de esnobes (Transcrição)


13/07/2010
Por L&PM Editores
Há o esnobe aristocrata e o esnobe do clero. Há os esnobes reais e os esnobes militares. Há os esnobes universitários, os esnobes literários, os esnobes filosóficos. Há, ainda, os esnobes do continente, da cidade grande, do campo, do clube. Esnobes ingleses e também irlandeses. Em O livro dos esnobes – escrito por um deles, de William Makepeace Thackeray, há esnobes para todos os gostos. E para dar boas risadas. A obra nasceu a partir de textos que Thackeray publicou em 1846 no Punch, semanário satírico inglês ilustrado. O sucesso foi estrondoso, pois era impossível não se divertir com seus personagens, suas histórias, seu deboche. Escreve o autor em suas “Observações preliminares”: A necessidade de uma obra sobre os esnobes, demonstrada pela História e provada por oportunas ilustrações: - Eu sou o indivíduo destinado a escrever essa obra – Minha vocação é anunciada em função de uma grande eloqüência – Eu mostro que o mundo vem se preparando pouco a pouco para a obra do homem – Os esnobes devem ser estudados como quaisquer outros objetos da Ciência Natural e fazem parte do Belo (com B maiúsculo). Eles permeiam todas as classes (...). Depois de um tempo esgotado, O livro dos esnobes está de volta à Coleção L&PM POCKET. Nem pense em esnobá-lo.
Abaixo, algumas das ilustrações feitas pelo próprio Thackeray pra o Punch e que estão no livro da L&PM:
Fonte: http://migre.me/v0Qtw