quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Dilema (Transcrição)


Ao cons. Luís Alvares dos santos
Vai-se acentuando,
Senhores da justiça -- heróis da humanidade,
O verbo tricolor da confraternidade...
E quando, em breve, quando
Raiar o grande dia
Dos largos arrebóis -- batendo o preconceito...
O dia da razão, da luz e do direito
- solene trilogia -
Quando a escravatura
Surgir da negra treva -- em ondas singulares
De luz serena e pura;
Quando um poder novo
Nas almas derramar os místicos luares,
Então seremos povo!
Fonte: Cruz e Sousa, Poesia Completa, org. de Zahidé Muzart, Florianópolis: Fundação Catarinense de Cultura / Fundação Banco do Brasil, 1993. Cambiantes - O LIVRO DERRADEIRO Cruz e Sousa http://migre.me/vzwkM